Cassiano Reis
Vive e trabalha em Cotia, SP.
Formado em Artes Plásticas, sempre manteve relação com o teatro, o cinema e as narrativas. Um dos fundadores da Cia Stromboli, em 1996, desenvolveu bonecos cenários e adereços com esta companhia até 2008. Cenógrafo e diretor de arte de espetáculos como Béren e Luthien, Ganhador do Prêmio Cultura Inglesa, 2008, foi ator/manipulador de bonecos no curta metragem Tyger, 2006, e dirigiu o espetáculo Nhanderuvuçu – O Menino Trovão. Um dos fundadores do Epicentro Cultural, entre 2010 e 2016 foi responsável por exposições coletivas como SP Estampa, Atrás da Porta Verde e individuais de Arnaldo Baptista e Francisco Hurtz. Como ilustrador, publicou em veículos de grande circulação como Folha de São Paulo, Superinteressante, Caros Amigos e Playboy. Mais recentemente dirigiu o curta de animação Acesso ao Conteúdo, no projeto Freenet? E desenvolveu, junto à curadora Veruscka Girio, a plataforma de performances multimidia AVAV — Audiovisual ao Vivo.

AVAV 2: cultura stand by +  AVAV 4: vivo!paint + AVAV 5: cirque dês lumiére + AVAV 9: retrato na quinta parede + AVAV 15cirque dês lumiére LIVE + AVAV 18: vivo!paint + AVAV 28: vivo!paint + AVAV 35: vivo!paint + AVAV 43: vivo!paint + AVAV 44: Identidades