astronauta mecanico


Veruscka Girio, Pedreiras-MA, 1975. [ Astronauta Mecanico ]
Criadora multiplataforma, é artista gráfica, vj e videocenarista. Desenvolve projetos audiovisuais que convergem arte, ciência e espírito. Sua pesquisa é focada em transcomunicação, levantando questões sobre o tempo, o espaço e a rotina. É idealizadora da mostra AVAV (audiovisual aovivo), de manipulação de imagem e som em tempo real. Experimenta sons e imagens analógicas geradas via inputs elétricos, retroalimentados e manipulados em televisores de tubo (Retropofagia). Ministra oficinas e se apresenta ao vivo. Participou da 12ª Bienal de Havana (Cuba), apresentou seu trabalho em Tóquio, Paris, Hamburgo, Berlim, Belém (Amazônia Mapping), Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Pratigi (BA), Cordoba (ES), Barcelona, Alicante e Lisboa. Expôs em Takahashi (Japão), Milão, Kassel e Hamburgo. Tem uma calçada portuguesa em Belo Horizonte-MG (Araão Reis – terminal de ônibus e metrô — Praça da Estação, 2005). Compartilhou residência artística na Alemanha e no Japão. Bacharel em Comunicação Social (Brasília). Vive em São Paulo.


ASTRONAUTA MECANICO
 é o nome dado ao projeto de performance ao vivo de imagem e som de Veruscka Girio: maranhense, formada entre Pará, Sergipe, Alagoas, Brasília, Rio de Janeiro e Lisboa. Graduada em Comunicação Social, é artista gráfica, criadora multiplataforma, videocenarista e curiosa no processo de utilização das máquinas analógicas e digitais como ferramenta de criação e produção artística. É idealizadora e curadora do AVAV — audiovisual aovivo: mostra brasileira de manipulação de imagem e som em tempo real. Em 2015, participou da 12ª Bienal de Havana, representando esta mostra com mais 4 artistas. Realizou uma residência artística no Japão (Arte Ocupa 2015), onde montou ateliê, ocupando e  mapeando a biblioteca de uma escola desativada em Furyori (Okayama), com exibições diárias, abertas ao público, permitindo que o espectador construisse suas próprias narrativas. Esta residência gerou a videoinstalção Sólidos Platônicos, exposta em Takahashi, no Shoyu Museum durante dezembro de 2015. Apresentou seu trabalho em Tóquio (BASECAMP/Roppongi), Lisboa (Sala do Veado — Museu Nacional de História Natural e da Ciência), Paris (59 Rivoli e Batofar), Berlin (Rauchhaus e SO36) e Hamburgo (Gangeviertel/Arte Ocupa Lisboa, Paris… e também Hamburgo). Desenhou uma calçada portuguesa construída em Belo Horizonte. De 2000 a 2006, transitou pelas redações de Playboy, Super Interessante e Cláudia. Foi editora de arte da revista BRAVO! e diretora de arte da Caros Amigos.  Vive em São Paulo.


Veruscka Girio, also known as ASTRONAUTA MECANICO, is a multimedia artist working with live image and sound performance specializing in the computer as artistic medium.

Girio has a degree in Social Communication and her work as a designer encompasses several domains including graphic, publishing and video scenario design and multi-platform creation.

From 2000 to 2006, Girio worked in some of São Paulo’s most renowned editorial offices including arts and culture journal BRAVO! as Art Editor, and for political monthly CAROS AMIGOS as Art Director.

Veruscka is also founder and curator of AVAV — audiovisual aovivo. Since 2011, AVAV has been the only monthly Brazilian salon championing live cinema, sound manipulation, performance and real time technology, produced throughout Brazil and internationally in cities including Tokyo, Paris and Lisbon. In 2015, AVAV was invited to Cuba to participate in the 12th Bienal de la Havana representing five of today’s most experimental artists in Brazil.

Most recently, during her residency ARTE OCUPA in Japan, she occupied and video-mapped an abandoned school library in Furyori, Okayama, offering public daily interactive exhibits provoking visitors to construct their own narrative. In the same period, she created Sólidos Platônicos, a video installation exhibited at the Shoyu Museum in Takahashi, and exhibited her own work and curated an international group show at BASECAMP / Roppongi in Tokyo.

Born in Brazil and raised in the states of Maranhão, Pará, Sergipe and Alagoas, she received her professional and academic training in Brasília, Rio de Janeiro and Lisbon.

The city of Belo Horizonte holds one of  Veruscka’s design on a sidewalk rebuilt in 2004 according to the traditional Portuguese pavement technique.  She lives in São Paulo.

ヴェルスカ ギリオ ブラジル生まれ。サンパウロを拠点に、ヨーロッパやアメリカで制作活動を行うマルチメディアアーティスト、パフォーマー。コンピュータを駆使したアートの制作を行っている。2010年よりアートオキュパに参加。

— — —

CV


Veruscka
 Girio
Pedreiras-MA, 1975.
www.astronautamecanico.com
laboratorio@astronautamecanico.com

FORMAÇÃO
1994 — 1998
Comunicação Social — Bacharel em Publicidade e Propaganda
CEUB, Brasília-DF

Curanderia
2012 — 2017 > ∞
Mostra AVAV (audiovisual aovivo)
São Paulo2017
Macroscópio
Virada Cultural nas árvores da Chácara do Jockey
São Paulo2016
Cine Solario Vivo [ live cinema ]
Solario | experimento de uso e autonomia
São Paulo
Diretora de interface e novas mídias
2011 a 2015
Epicentro Cultural
São Paulo

Residência artística
2015
ARTE OCUPA project 2015
duração: 30 dias
Furyori-Japão

2010
ARTE OCUPA LISBOA, PARIS… E TAMBÉM HAMBURGO
duração: 30 dias
Hamburgo-Alemanha

Objeto de pesquisa
2008
Sua linguagem foi pesquisada e citada no doutorado em Filosofia Contemporânea da Universidade Autônoma de Barcelona.
Barcelona-Espanha

Desenho de calçada portuguesa
2005
Calçada portuguesa em Belo Horizonte-MG (Araão Reis – terminal de ônibus e metrô — Praça da Estação, 2005)
Belo Horizonte-MG

– – –

Underground SP
2017
VJ residente da Carlos CAPSLOCK, ao lado de Modular Dreams

Teatro (videocenário ao vivo)
2017
A Missão em Fragmentos: 12 cenas de descolonização em legítima defesa
Direção: Eugenio Lima
MIT Mostra Internacional de Teatro de São Paulo [ Auditório do Ibirapuera + Centro Cultural São Paulo + Folias ]
São Paulo-SP

2009
Amores de Sabrina
Direção: Camilo Pellegrini
Barcelona — Rio de Janeiro

2003 e 2006
Caminhos de Sangue
Direção: Camilo Pellegrini
Rio de Janeiro-RJ

Livros
2017
Rumor
Autora: Tenille Bezerra
Editora: Moinhos
Salvador — São Paulo

2012
Amazônia Pública
Coordenação: Marina Amaral
Editora: A Pública
São Paulo

2007
Larousse da Cozinha Brasileira
Autora: Guta Chaves e Dolores Freixa
Editora: Larousse
São Paulo

2004
O Mundo Como Obra de Arte Criada Pelo Brasil
Autora: Renato Pompeu
Editora: Casa Amarela
São Paulo

Zines
1999
Porão do Rock
Brasília-DF

1998 — 1999
Tuntistun (música eletrônica)
Repórteres: Leonardo Silva (LS2), Guilherme Tavares (Oblongui), Ernani Pelúcio (Vortex), Leonardo Cinelli, Nivas Gallo e Geyzon Dantas
Brasília-DF

Revistas

Mercado Editorial

2004 — 2006
Diretora de arte
Caros Amigos (Sérgio de Souza)
São Paulo-SP

2001
Chefe de arte
Claudia (Tacio Ferraz | Célia Pardi)
São Paulo-SP

2000 — 2001
Editora de arte
BRAVO! (Noris Lima | Vera de Sá)
São Paulo-SP

1999
Chefe de arte
República (Sérgio Miranda | Wagner Carelli)
São Paulo-SP

1999
Diagramadora tipo B
Playboy (Simone Spitzcovsky | Carlos Grassetti)
São Paulo-SP

Agência de Publicidade
1994
Tráfego
DQV (Eber Romão + Anjo)
Brasília-DF

Desenho Gráfico para espetáculos de teatro
2002 — 2003
Camilo Pellegrini e Ana Kfouri
Rio de Janeiro-RJ

Atelier
2002
Luisa Soeiro nos Ateliers de São Paulo
Lisboa-Portugal

EXPOSIÇÕES COLETIVAS
VIRADA CULTURAL/AVAV [ live av ] Chácara do Jockey (São Paulo-BRA, 2017)
Déjà Vu VINTESSETE/ [ live av ] Red Bull Station (São Paulo-BRA, 2016)
RETROTRASH [ live retroalimentado ] Solario | experimento de uso e autonomia (São Paulo-BRA, 2016)
VIRADA CULTURAL/AVAV [ live av ] Rua dos Timbiras com Av São João (São Paulo-BRA, 2016)
SP NA RUA/AVAV [ live av ] embaixo do Viaduto do Chá (São Paulo-BRA, 2016)
RETROPOFAGIA para Audição de AÍLA — Em cada verso um contra-ataque [ video instalação para música Tijolo ] Galeria Epicentro Cultural (São Paulo-BRA, 2016)
RIO [ live ] Instituto Histórico e Geográfico do Pará — Amazonia Mapping (Belém-BRA, 2016)
CONCERTOS MECÂNICOS/AVAV [ live av ] Basecamp/Roppongi (Tóquio-JAPÃO, 2015)
SÓLIDOS PLATÔNICOS [ videoinstalação ] Shoyu Museum/Arte Ocupa 2015 (Takahashi-JAPÃO, 2015)
VINTESSETE/AVAV [ live av ] 12ª Bienal de La Habana (Havana-CUBA, 2015)
PERFUME [ video ] Timbrés: Parfums de Lisbonne, 59 Rivoli (Paris-FRA, 2015)
TELEVISION [ video instalação ] Laço, Casa das Caldeiras (São Paulo-BRA, 2014)
CICLOPE [ video instalação ] Atrás da Porta Verde, Epicentro Cultural (São Paulo-BRA, 2013)
ZIG ZAG SHERIFF/AVAV [ live av ] 59 Rivoli (Paris-FR, 2013)
ZIG ZAG SHERIFF/AVAV [ live av ] Museu Nacional de História Natural e da Ciência (Lisboa-PT, 2013)
NATURAL [ video instalação ] Paisagens Íntimas, Galeria AVA (São Paulo-BR, 2012)
BIOSFERA [ video instalação ] Laço, Paço das Artes (São Paulo-BR, 2012)
RETINA [ video instalação ] Epicentro Cultural (São Paulo-BR, 2012)
FAIL [ live av ] Live Cinema, Oi Futuro Ipanema (Rio de Janeiro-BR, 2011)
ARTE OCUPA LISBOA, PARIS… E TAMBÉM HAMBURGO (Gängeviertel, Hamburg-DE, 2010)
CERIMÔNIA Visual Brasil (Barcelona-ES, 2010)
ZZS Rauchhaus (Berlin-DE, 2010)
Vjing Batofar (Paris-FR, 2009)
Repeat Please: Cultura VJ (Cordoba-ES, 2008)
Queer Remixed (Brasília-BR, 2008 e 2009)
X-FILET Casa da Xiclet (São Paulo-BR, 2007)
Brasil Faz Design 2000 (São Paulo, Milão e Kassel, 2000)

PRÊMIO
Max Feffer de Design Gráfico
(composição de 2 livros da coleção Moda Brasileira, editora CosacNaify. São Paulo, 2008).
projeto gráfico da coleção: Elaine Ramos | projeto gráfico do livro: Beth Slamek | composição: Astronauta Mecanico