Carregando Eventos

LET‘S XIC

por

Luiz Michelini

Marcela Thomé

Marjórie Nani

Pedro Farah

Pedro Pezte

Yasmin Guimarães


 

Let’s Xic é sanguinho novo.

Uma coletiva que evidencia a consanguinidade de seis artistas cuja obra nasce da vivência e dos estudos na cidade de São Paulo.

Um panorama de jovens produções concebidas sob a égide de plutão em escorpião.

Seis universos em construção.

Seis artistas em formação.


311327_527715330590695_1946528520_n

Luiz Michelini / Mora e trabalha em São Paulo. Fotógrafo desde a faculdade de jornalismo, em que se formou em 2010, morou na Austrália e publicou fotografias em diversas mídias. Estuda artes com Rafael Pajé e tem um fraco por caminhadas noturnas.

 

 

 

Marcela-Thome

Marcela Thomé / Vive e trabalha em são paulo. Interessada por arte desde a adolescência, quando fez intercâmbio no EEUU e morou na casa de uma artista e poetisa. Estudou psicologia na PUC e letras na USP. Debutou nas artes em 2010, na Casa da Xiclet e, em 2014, publicou seu primeiro livro de poesias pela editora córrego, intitulado “Infame”.

 

 

nani

Marjóri Nani / Vive e trabalha em Cotia, São Paulo. Interessada por artes desde criança, descobriu o desenho de observação ainda no ensino fundamental. Estudou teatro, canto e gravura. Acaba de voltar de um intercâmbio na Alemanha. Estuda Artes na ECA/USP e adora o perfume do manjericão.

 

 

autorretrato

Pedro Farah / Nascido em São Paulo, mora e trabalha em Carapicuiba. Artista e professor, pesquisa história em quadrinhos com bolsa da Universidade de São Paulo. Se considera discípulo de Marco Buti e Claudio Mubarac, com quem estuda gravura. Participou das exposições “CAP 011” e “Residência Compartilhada”, no CAP, USP. Cursa artes visuais na ECA/USP.

 

Pedro Pezte / É um artista multimídia natural de São Paulo. Cursa Artes Visuais pela Belas Artes de São Paulo. Trabalhou como assistente do artista Alex Hornest por 1 ano e meio. Possui pesquisa visual fortemente referenciada pela bad painting, com notas de street art e neo-expressionismo. Seu trabalho aborda as oscilações infinitas da mente, projetando-se sobre o suporte na forma de uma cacofonia de angústias. Suas imagens perpassam pela discussão da sinestesia, universalidade de signos e niilismo.

 

minn

Yasmin Guimarães / Artista paulista recém formada em artes visuais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Participa do grupo de acompanhamento no ateliê coletivo dois e um, ministrado por Carolina Paz, Douglas de Freitas e Bruno Mendonça. Participou do curso vitamina da pintura, ministrado por Bruno Dunley. Expôs em 2013 na abertura do Ateliê 397 e em 2014 teve seus trabalhos exibidos dentro do programa de exposição do
MARP – museu de arte de Ribeirão Preto.

 


3 de outubro a 01 de novembro de 2014

vernissage _ 3 de outubro, sexta feira, às 19h

visitação: de terça a sexta das 13h às 19h – sábado das 11h às 17h

 

entrada livre e gratuita

[ toque a campainha ]

 

curadoria > Epicentro Cultural

Rua Paulistânia, nº 66 – São Paulo – SP

[ próximo ao metrô Vila Madalena ]

  • Este evento já passou.

3/10/2014 @ 08:00 - 1/11/2014 @ 17:00