Carregando Eventos

CURSO – Recepção Estética em Artes Visuais

Como se dá a experiência entre o receptor e a obra de
arte? De que maneira os diferentes repertórios estéticos
de cada espectador contribuem para sua experiência,
enriquecendo-a, limitando-a, transformando-a?

São Paulo abriga hoje dezenas de exposições de arte
anualmente, das grandes mostras internacionais que
atraem milhares de pessoas às pequenas e médias
exposições cujo público habitualmente é bem menor e
especializado. Este curso propõe-se a investigar quais
experiências estes diversos públicos podem vir a ter a
partir do contato com a arte contemporânea, e de que
modo seus repertórios e trajetórias colaboram para
a relação público-obra. O percurso das aulas buscará
desconstruir ideias prontas sobre o público de arte e
abrir novos entendimentos sobre as possíveis leituras
das obras de artes visuais.

O curso será composto por aulas expositivas, leituras de
textos, vídeos e exercícios de observação e interpretação
a partir de imagens de obras. É destinado a estudantes de
artes visuais, artistas e interessados em geral.

Bibliografia:

AGAMBEN, G. O que é o contemporâneo? e outros ensaios. Chapecó, SC: Argos, 2009;

BENJAMIN, W. Sobre o conceito de história. In: BENJAMIN, W. *Magia e Técnica, Arte e Política*. São Paulo: Brasiliense, 1987;

CARDOSO, S. O olhar viajante (do etnólogo). In: Novaes, A. *O Olhar*.
São Paulo: Cia das Letras, 1988;

CAUQUELIN, A. Arte contemporânea – Uma introdução. São Paulo: Martins, 2005;

DANTO, A. Após o Fim da Arte. São Paulo: Edusp, 2006;

FRAYZE-PEREIRA, J. A. Arte, Dor. São Paulo: Ateliê, 2010;

GREEN, A. O Desligamento. In: GREEN, A. *O desligamento. Psicanálise, Antropologia e Literatura*. São Paulo: Ed. Imago, 1994, p. 11-35;

PAREYSON, L. Os Problemas da Estética. São Paulo: Martins Fontes, 2001;

PEDROSA, M. Mundo, Homem, Arte em Crise. São Paulo: Perspectiva, 1986;

SONTAG, S. Contra a Interpretação. Porto Alegre: LP & M, 1987;

ZIZEK, S. Como Marx inventou o sintoma? In: Zizek, S. (org.) *Um mapa da ideologia*. Rio de Janeiro: Contraponto, 2010.

____________________________________________________________________________________________________

Ministrantes:

Graziela Marcheti
Psicanalista, mestranda em Psicologia Social da Arte pelo
Instituto de Psicologia da USP, pesquisadora do LaPA-USP
(Laboratório de Estudos em Psicologia da Arte)
Paula Ordonhes
Artista visual formada pela Fundação Armando
Álvares Penteado / designer gráfica

 

Duração: 4 meses (16 encontros)

Carga Horária: 48 horas

Horário: terças-feiras, das 20h às 23h
Período: 27 de agosto a 10 de dezembro de 2013
Investimento: 220 / mês; 20% de desconto para estudantes

 

 

Inscrições, reserva de vaga e informações: educativo@epicentrocultural.com

  • Este evento já passou.

27/08/2013 @ 20:00 - 23:00